Visitantes Negócios Associações e Imprensa
Blog Instagram Facebook Twitter

Notícias


Entidades veem volta da confiança e aumento gradual nas vendas

Entidades veem volta da confiança e aumento gradual nas vendas

Publicado em: 02/07/2020

Embarques futuros e destinos nacionais. Estas são duas das características observadas por quem vende viagens nas últimas semanas. Uma pesquisa realizada pela Braztoa mostrou que em maio 60% das operadoras já realizaram alguma venda, sendo que, neste período, 80% do faturamento corresponde ao doméstico e mais da metade dos embarques é para 2021. Estes dados corroboram o que agentes e operadores estão vivendo no seu dia a dia.

“Pelas agências, vemos um movimento é linear, mas ainda lento. São vendas difíceis, pois precisamos saber quando o embarque poderá acontecer e qual a situação de cada destino. Mas estamos vendo que cresceu muito o interesse pelas viagens”, disse a presidente da Abav Nacional, Magda Nassar.

Pelo lado das operadoras, a situação é semelhante, conforme explicou o vice-presidente da Braztoa, Frederico Levy. “Estamos tendo muitas solicitações sim. Inclusive, há cotações para o internacional com embarques para o final do ano. Estamos observando uma facilidade muito grande para efetuar as reservas agora devido as flexibilizações. A confiança do consumidor está aumentando em relação ao turismo”, acredita.

Cruzeiros

O presidente da Clia Brasil, Marco Ferraz, está otimista com a temporada 2020/2021. Segundo ele, as armadoras têm relatado uma boa procura tanto por consultas como pelas vendas efetivas. Ao redor do mundo, alguns navios já voltaram a navegar e, por aqui, as regras de segurança sanitárias estão sendo definidas e serão divulgadas em breve. “As vendas futuras têm crescido bastante, especialmente para 2021. É bom que os agentes continuem se preparando e se capacitando”, destacou.

Corporativo

Carlos Prado, presidente da Abracorp, lembrou que o “fundo do poço” do corporativo foi em abril, com uma queda de 91% na movimentação. No entanto, já em maio foi observada uma melhora, que vem avançando a cada semana, segundo ele. “Estamos a 12% do ano passado. Ainda é pouco, mas há um entusiasmo muito grande, pois a tendência é de crescimento com mais oferta de voos e também com os hotéis aumentando a ocupação”, disse.

Fonte: Mercado e Eventos
Foto: Carlos Prado, Magda Nassar e Marco Ferras, presidentes da Abracorp, Abav e Clia, respectivamente