Visitantes Negócios Associações e Imprensa
Blog Instagram Facebook Twitter

Sala de imprensa


Destinos promovem eventos testes para incentivar a retomada segura do setor

Publicado em: 24/07/2020

A indústria dos eventos vive um período de incertezas e o setor enfrenta grandes dificuldades para manter seus negócios. No entanto, destinos já deram início a experimentos que visam testar a retomada e trazer esperança para um retorno seguro e efetivo do setor. Exemplos como a Expo Retomada e um show na Alemanha que vai testar infecção do coronavírus nos participantes, mostram que o setor está trabalhando para a retomada desse segmento que movimenta fortemente a economia mundial. Entenda:

Expo Retomada

Expo Retomada, exposição modelo programada para outubro no São Paulo Expo, tem por objetivo propor ao mercado caminhos e soluções para a retomada dos eventos de negócios em todo o Brasil. O conceito, idealizado por Paulo Octávio Pereira de Almeida, o P.O, diretor da Live Marketing Consulting, e Fernando Lummertz, fundador da Rede Feiras  já conta com o engajamento das principais instituições ligadas à indústria de eventos, exhibitions, incentive, brand experience, festivais e entretenimento.

O lançamento da exposição será na modalidade híbrida, no dia 12 de agosto e apresentará painéis com especialistas do setor de exposições e feiras de negócios. O evento vai apresentar detalhes, plantas e as formas para que executivos e profissionais participem da edição programada para outubro. A ideia é construir um evento modelo, sem fins lucrativos, com aplicação de todos os protocolos de segurança e foco na geração de negócios para empresas e entidades dos setores de Eventos e Turismo pós-quarentena.

A expectativa dos organizadores é realizar a Expo Retomada com cerca de 60 expositores, arena para palestras montada com a necessária distância entre os participantes, sala de imprensa e estúdio de gravação. Entre o público visitante, são esperados representantes de empresas e entidades ligadas aos setores de Eventos e Turismo, profissionais e autoridades dos setores e formadores de opinião.  Além das palestras, a arena também sediará a cerimônia de entrega do prêmio LIVE 2020, que reconhece anualmente os melhores do setor por votação popular.

O Maringá e Região Convention & Visitors Bureau estará presente na Expo Retomada representada pela presidente da entidade, Maria Iraclézia deAraújo, e pelos diretores Sérgio Takao Sato, membro do Conselho Superior da entidade; Michael Tamura, vice-presidente do Convention para assuntos de Projetos Estratégicos, e Ademir Moraes, pela Sociedade Rural de Maringá.

De acordo com Maria Iraclézia de Araújo, um evento como a Expo Retomada mostra o quanto o setor está em constante inovação e movimento, e o quanto é possível mudar e se adaptar no mercado de eventos. “Esse evento mostra como somos dinâmicos para se adaptar às novas realidades, tentando passar mais segurança para nosso público e nossos clientes. Mas acima de tudo mostra o quão conectado com as inovações nosso setor se encontra. Com certeza vai trazer muitas tendências e novos cenários para o mercado de eventos, mas principalmente novas possibilidades”, destacou a presidente.

Takao Sato destaca a importância da realização desse evento que vai mostrar na prática as novas tendências do mercado de eventos. “A feira vai aplicar os protocolos sanitários e de segurança já desenvolvidos em todas as etapas do evento, tanto na montagem, realização e desmontagem, mostrando como as feiras podem acontecer. Irá gerar conhecimento que vai contribuir para retomada dos eventos de negócios e principalmente vai gerar confiança nos participantes. O apoio das maiores entidades do setor de eventos do Brasil ao evento mostra união do mercado brasileiro para a retomada”, disse.

Show na Alemanha

Enquanto a Alemanha analisa permitir o retorno dos torcedores de futebol aos estádios, uma equipe de pesquisadores prepara um experimento para testar o poder de infecção do novo coronavírus em grandes eventos. A ideia é promover um show de música pop com milhares de espectadores.

Os cientistas esperam recrutar 4 mil participantes saudáveis para assistirem a um show na arena de Leipzig, no leste da Alemanha, em 22 de agosto. Os voluntários, de 18 a 50 anos, precisam ter sido testados para a covid-19 e apresentado resultado negativo.

A pesquisa fornecerá máscaras de proteção do tipo FFP2 para reduzir os riscos de infecção. Os participantes também receberão desinfetante fluorescente que, além de garantir mais um fator de proteção aos voluntários, permitirá que os cientistas localizem as superfícies mais tocadas.

E, mais importante, os membros da plateia receberão um dispositivo para rastrear seus movimentos e a distância entre eles e outros participantes.

Os pesquisadores planejam coordenar a plateia em três diferentes cenários: um em que os voluntários entrarão no local do evento por duas portas diferentes e sem regras de distanciamento, outro em que haverá mais portas e medidas mais restritas de higiene e distância, e um terceiro em que os participantes ficarão sentados nas arquibancadas com distância mínima de 1,5 metro entre si. Este último requer apenas 2 mil voluntários, numa arena com capacidade para cerca de 12 mil pessoas.

Os cientistas esperam que o experimento, orçado em quase 1 milhão de euros e financiado principalmente pelos estados da Saxônia e Saxônia-Anhalt, ajude-os a elaborar um modelo matemático que possa ser usado para evitar surtos decorrentes de grandes eventos após a flexibilização.

O objetivo, segundo a equipe, é "identificar possíveis parâmetros sob os quais artistas e atletas poderão voltar a se apresentar e a jogar após 30 de setembro" - o governo federal alemão proibiu pelo menos até essa data a realização de grandes eventos no país.

Os pesquisadores alertam para os riscos trazidos pela pandemia do coronavírus e reconhecem que "decisões difíceis precisam ser tomadas para evitar esse perigos", mas, ao mesmo tempo, afirmam que a atual proibição de grandes aglomerações representa uma "ameaça existencial para muitos atletas e artistas que dependem de seu público para obter renda".

Com informações de Promoview