Visitantes Negócios Associações e Imprensa
Blog Facebook Twitter

Sala de imprensa


Trade turístico de Maringá espera ações da prefeitura para fortalecer o setor

Publicado em: 06/12/2018

 

 

 

 

 

 

O relatório da Conferência Municipal de Turismo servirá de guia para que a administração municipal defina as políticas públicas para o setor 

 

O relatório final da 1ª. Conferência Municipal de Turismo, realizada no dia 4 de outubro no parque de exposições de Maringá, será entregue ao prefeito Ulisses Maia (PDT) para que sejam colocadas em prática diretrizes baseadas na Política Nacional de Turismo  e assim conseguir o desenvolvimento e fortalecimento do setor.


A entrega vai acontecer na próxima terça-feira (11) no Gabinete do Prefeito, com a presença do secretário de Inovação e Desenvolvimento Econômico, Francisco Favoto, diretor de Turismo do município, Amarildo Torres, o presidente do Conselho Municipal de Turismo, Dirceu Gambini, e representantes do Maringá e Região Convention & Visitors Bureau, Rede de Turismo Regional (Retur), Câmara Municipal, Associação de Bares e Restaurantes (Abrasel), Sebrae, entidades ligadas ao artesanato e outras instituições que representam setores do trade turístico.
 

O diretor de Eventos da Secretaria Municipal de Cultura, Luiz Fernando Neves, foi o coordenador da Conferência e também fará parte do grupo que entregará o relatório ao prefeito.


“A Conferência foi a primeira oportunidade que o município de Maringá teve para reunir todos os setores do turismo e cada um apresentar suas demandas e ideias para o fortalecimento do turismo como um todo”, diz o diretor de Turismo da prefeitura, Amarildo Torres, idealizador da Conferência. “Todas as ideias foram condensadas em um documento para que o prefeito e sua equipe definam as políticas para o setor pelos próximos anos”.


“Maringá é uma cidade que não conta com recursos naturais para a atração turística, como acontece com Foz do Iguaçu, que tem as cataratas mais famosas do mundo, ou as cidades litorâneas, mas mesmo assim recebe muitos turistas por conta dos eventos, o turismo de compras, o turismo médico”, explica o presidente do Conselho Municipal de Turismo, Dirceu Gambini. “Logo, precisamos uma certa organização para oferecermos formas de atrativos para que gente de outras cidades e outros Estados venham a Maringá, alimentando a rede hoteleira, restaurantes, taxistas e outros setores”.


Segundo Gambini, ao entregar ao prefeito o relatório da Conferência, o trade turístico de Maringá espera que Maia veja o turismo como um setor importante para a economia de Maringá. “O turismo é uma das áreas que mais empregam pessoas, envolve empresas de vários segmentos e tem um peso considerável na arrecadação de ISS [Imposto Sobre Serviços]”.


Para o Convention Bureau, que apoiou a realização da Conferência Municipal de Turismo, o primeiro passo foi dado, que foi a apresentação dos interesses de cada área que forma o trade turístico. “O prefeito mostrou grande interesse na realização deste debate para que possa saber qual é o verdadeiro retrato do turismo de Maringá e o quê cada área precisa para melhorar ainda mais”, diz a superintendente Executiva do Convention, Yara Linschoten. “A partir do resultado da Conferência, a administração municipal poderá definir o que fazer de agora em diante sem o risco de deixar alguma área para traz”.