PUBLICAÇÕES

7 eventos e R$ 2,1 mi na economia
7 eventos e R$ 2,1 mi na economia
06/07/2017

Sete eventos realizados em maio, em Maringá, impactaram cerca de R$ 2,1 milhões na economia local. O cálculo é do Observatório do Turismo e Eventos, núcleo de pesquisas do Maringá e Região Convention & Visitors Bureau. Juntos, os eventos reuniram em torno de 5 mil participantes.

A pesquisa levou em consideração três competições de vôlei de praia, o Sul-Americano (entre os dias 5 e 7), o Campeonato Brasileiro Sub-21 (de 8 a 11) e o Circuito Nacional (de 12 a 14). Também entraram no cálculo o XI Congresso Jurídico da OAB Maringá (Conjuri), sediado de 16 a 18; o Torneio Teruo Matsuda do Maringá Golf Club, dias 20 e 21; V Reunião Paranaense de Ciência do Solo (RPCS) e o II Simpósio Brasileiro de Solos Arenosos (SBSA), de 23 a 25; e Campeonato Paranaense de Muay Thai, dia 28.

O vice-presidente para assuntos de Comunicação e Pesquisa do Maringá Convention Bureau,  Fabio Barros, explica que estão inclusos na conta gastos com alimentação, transporte e meios de hospedagem. “Dessa forma, a nossa projeção é que o impacto econômico seja ainda maior, uma vez que a aquisição de souvenirs, presentes e compras em geral, assim como gastos com lazer, não estão na estimativa”, comenta.

Expoingá

Também em maio, entre os dias 4 e 14, o maior evento da cidade, a Exposição Feira Agropecuária, Industrial e Comercial de Maringá (Expoingá), comemorou bons resultados, batendo recordes de público e comercialização

O balanço apresentado pela Sociedade Rural de Maringá (SRM), realizadora do evento, mostra que o volume de negócios gerados e prospectados durante a feira atingiu a casa dos  R$ 455.421 milhões e o público chegou a 591.950 visitantes.

Em comparação à edição de 2016, o volume de negócios cresceu 45% e o número de visitantes 25%.  Os números atingidos também ultrapassaram a expectativa dos organizadores antes da feira, que era de 500 mil visitantes e R$ 400 milhões em negócios.

A presidente da entidade, Maria Iraclézia de Araújo, que também é vice-presidente do Convention para assuntos de Relações Institucionais, destacou que a cifra financeira superou os últimos dez anos da Expoingá e o público foi o maior desde 2012, quando 573 mil pessoas passaram pelo parque de exposições.